sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Meditação matinal

Uma excelente forma de começar o dia, é ao lado de Deus. Por isso, procurarei colocar as meditações matinais do site da casa (http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2010/frmd2010.html#24set) aqui no blog na noite anterior para logo cedo, quem passar por aqui, já ter algo bom para ler.
Aqui vai a de amanhã.

25 de setembro Sábado


Um rebanho e um pastor


Ainda tenho outras ovelhas, não deste aprisco; a Mim Me convém conduzi-las; elas ouvirão a Minha voz; então, haverá um rebanho e um pastor. João 10:16

Um garoto estava apascentando as ovelhas de seu pai. Não muito longe dali, do outro lado de um pequeno vale, um outro garoto, vizinho, estava também apascentando as ovelhas do pai. Os rapazes eram bons amigos. Com frequência eles conversavam através do vale que os separava.

Um dia, uma forte tempestade caiu repentinamente, e os rapazes, com as ovelhas, se refugiaram embaixo da saliência de uma rocha. Quando a tormenta passou e chegou a hora de voltarem para casa, os garotos enfrentaram um problema: as ovelhas estavam misturadas e eles não sabiam como separá-las. Algumas eles conheciam, mas não tinham certeza quanto a outras.

Finalmente, desesperados e com medo de serem repreendidos, eles começaram a caminhar para casa, cada um por um caminho diferente. E então, o que aconteceu? As ovelhas se separaram, cada uma seguindo seu pastor!

Hoje, as ovelhas de Deus se acham misturadas e espalhadas por muitas nações, tribos e línguas, na Babilônia mística. E muitas se acham isoladas, sem terem laços com algum grupo organizado. Mas o Salvador conhece a todas e, quando chegar o momento de ir para casa, elas ouvirão Sua voz e O seguirão. O chamado de Cristo será: “Retirai-vos dela, povo Meu, para não serdes cúmplices em seus pecados e para não participardes dos seus flagelos” (Ap 18:4).

Deus sempre teve um povo em Babilônia. Homens e mulheres tementes a Deus às vezes vivem numa sociedade corrupta. Para que não se envolvam nos seus pecados, e consequentemente, no seu castigo, eles deverão deixar a companhia de gente perversa. Antes que a casa caia é melhor que seus moradores saiam dela para salvar a vida.

No passado remoto o povo de Deus ouviu o chamado divino para se retirar da Babilônia literal e retornar para Jerusalém (ver Is 48:20, Jr 50:8, 51:6, 45). Antes de se encerrar o tempo de graça o povo de Deus deverá também abandonar a Babilônia espiritual e se unir ao remanescente, aos “que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus” (Ap 14:12).

Então haverá um rebanho, e um pastor, que é Cristo, e não o líder de alguma igreja.

Um feliz sábado a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário